terça-feira, 13 de setembro de 2016


Vou começar por escrever um bocadinho todos os dias sobre mim e sobre a vida que é de todos. 
Hoje fogem-me as palavras e o raciocino não me deixa escolher um tema.
Talvez tenha sido a ansiedade louca de voltar aqui e escrever, já lá vão uns anos, os temas serão sem dúvidas outros, todos mudamos com o passar dos anos e a maturidade é de facto um mar de razão, tranquilidade e alguns dias de loucura, mas uma loucura permitida, porque a queremos ter naquele momento e deixamos que ela entre e fique enquanto assim o quisermos, depois sai, o pó assenta e tudo volta ao normal. Pergunto-me muitas vezes o que é o normal, ainda não entendi.

1 comentário:

  1. Só escreveste uma vez... e eu já nem sei adicionar os links no meu blog.....
    A_T

    ResponderEliminar